+ 55 (41) 3029-4458
+ 55 (41) 3016-1424
Skype: adridrika44

Marrocos

 

MARHABEM
(Seja Bem Vindo!)

"O país de homens livres e nobres",
Delacroix, escreveu ao seu irmão na França em 1832;
"... A vida neste país é duplicada pela sensação do prazer do ar, do sol e etc... e a pintura sublinhou a harmonia dos marroquinos,
sua hospitalidade e respeito à natureza. Eles estão mais próximos das coisas naturais de mil maneiras, através de seus costumes,
a forma de seus sapatos, ... assim é a beleza de tudo que eles fazem"
.

Nada mudou no Marrocos, desde a sua visão romântica desenhada pela pintura de Delacroix, as virtudes das memórias de sua viagem
a Marrakesh, Quarzazate e Meknes. Os visitantes sentem a mesma emoção frente ao acolhimento do seu povo.
Com tipos diferentes tais como, os encantadores de serpentes e os arrancadores de dentes. Atrás das muralhas da cidade de Fés, grandes eruditos
marroquinos continuam a se formar em Teólogos, Historiadores e Juristas.
O Marrocos é um país do norte de África, limitado a norte pelo Estreito de Gibraltar (por onde faz fronteira com a Espanha), por Ceuta,
pelo Mar Mediterrâneo e por Melilla, a leste e a sul pela Argélia, a sul pelo Saara Ocidental e a oeste pelo Oceano Atlântico, por onde
faz fronteira com a região autônoma espanhola das Canárias. A noroeste, tem como vizinho próximo Portugal. Sua capital é a cidade
de Rabat destacando-se também outras cidades, como Casablanca, a maior do país, com 3.741.200 habitantes,
Tânger com 629.800 habitantes e Fez com 1.019.300.
O Marrocos, tal como grande parte do Norte de África esteve sucessivamente sob o domínio dos fenícios, do império Romano e do Império Bizantino
até à chegada dos árabes, que trouxeram o Islã e fundaram o reino de Nekor, nas montanhas do Rif, no século VII.
Os indígenas berberes, no entanto, assumiram o controlo no século XI e governaram, não só Marrocos,
mas também a parte sul da península ibérica, até ao fim do século XII.
Marrocos é uma monarquia constitucional, com um parlamento eleito democraticamente, mas em que o rei é igualmente o chefe do governo.
A terra arável abrange 8,5 milhões de hectares e proporciona produções de trigo, milho, cevada, citrinos, cana-de-açúcar e algodão, entre outras.
A exploração mineira centra-se na extração de fosfatos no Saara Ocidental. As principais produções das indústrias transformadoras são os produtos
alimentares, os têxteis, os artigos de couro e os adubos. O turismo constitui uma importante fonte de receitas.
Os principais parceiros comerciais de Marrocos são Portugal, França, a Espanha, os EUA e a Alemanha.

Login do usuário

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.